Aceitar a idade que tenho

Como aceitar a idade que tenho? Esta é uma dúvidas cruel para muitos que já passaram dos 50 anos. Se este é o seu caso, é necessário passar por uma profunda reflexão e entender que o tempo passa para todos.


COMO ACEITAR A IDADE QUE TENHO?

O envelhecimento faz parte de um processo natural, dentro das seguintes Leis "2ª Lei da Termodinâmica ou Lei da Entropia", o ser humano faz parte de um processo de decomposição, ou seja, tudo será destruído.

Aceitar esse fenómeno ou não dependerá muito do estilo de vida de cada pessoa, existem pessoas que desde novas já têm consciência de que um dia irão ficar mais velhas, e com os cabelos brancos.

Uma frase de Freud pode ajudar as pessoas de todas as idades a refletirem, veja: "A morte é o alvo de tudo que vive". Desde muito cedo, aprendemos na escola sobre o ciclo de vida dos seres vivos, mas quando saímos da escola, desaprendemos este conceito.

E com o passar dos anos, muitas pessoas não conseguem lidar sozinhas com o fato de que vão envelhecer. Por isso, para essas pessoas, o mais indicado é começar a fazer um tratamento com psicólogo desde cedo.

Quando começar a perceber que já passou dos 30 anos, e que não está conseguindo lidar com essa idade, comece o tratamento e compreenda que o envelhecimento é democrático, ou seja, ele chega para ricos e pobres, brancos e negros.

O ciclo da vida não escolhe classe social, etnias, países, etc. Faz parte do Universo como um todo.

Na Bíblia Sagrada, o envelhecimento é elevado como fonte de experiência, os profetas do Antigo Testamento viveram por muito tempo, ajudando seu povo contra as injustiças de sua época.

Para muitos, o envelhecimento é uma fase para poder compartilhar experiências. Muitas empresas já estão dando preferência para candidatos mais velhos, inclusive para cargos como educador e de gerente.


COMO TER UMA ROTINA PERFEITA APÓS OS 50 ANOS?

Se você deseja ter uma vida tranquila, deve buscar por uma qualidade de vida, ou seja, crie uma rotina mais leve, mesmo que ainda esteja trabalhando.

Melhore sua alimentação, separe alguns minutos do dia para realizar exercícios e ter contato com amigos e familiares. Quando tiver em casa, procure fazer algo diferente como ver um filme, ler um livro, ou até grave um vídeo no YouTube para compartilhar suas experiências de vida com outras pessoas.

Comece com um passo de cada vez, pegue uma agenda e anote todos os seus compromissos, e siga as ordens de cada dia. Uma boa rotina nos deixa mais tranquilos e menos stressados.

A IMPORTÂNCIA DA CONVIVÊNCIA COM PESSOAS DA MESMA IDADE

Aceitar a idade que tenho - convivência com pessoas da mesma idade

Conviver com pessoas da mesma idade nos ajuda a compreender que, a velhice chega para todos, ao compartilharmos experiências vemos que todos temos alguma dificuldade de adaptação, tanto para homens como para mulheres, a parte física é o que mais afeta nessa fase.


Há casos em que é necessário passar com geriatra para que ele possa repor algum tipo de hormônio e assim deixar nosso organismo mais forte.

O convívio com pessoas da mesma faixa etária também é importante para dar incentivo para o cuidado com a saúde, por isso, frequentar oficinas de grupos pode ajudar a nos trazer um bom convívio social.

Após os 50, estar com pessoas da mesma idade é essencial para manter a mente ocupada, e com isso, evitar sentimentos de depressão e angústia.

A Internet pode auxiliar nesse sentido, se a pessoa mora sozinha e não tem muito contato, existem bons sites de relacionamento que podem te aproximar de outras pessoas com a mesma idade.

Procure por grupos de artes, faça cursos para pessoas com mais de 50 anos. Mas, nunca fique parado(a), quando ficamos muito tempo sem fazer nada, o nosso cérebro começa a pensar demais, e às vezes, até situações que não queremos pensar.

NÃO DEIXE DE CUIDAR DA SAÚDE

A saúde deve ser prioridade sempre, desde muito cedo aprenda a ir ao médico, mesmo que não haja necessidade.

Não espere ficar doente para fazer um exame de sangue ou repor algum suplemento alimentar, quando estamos com a saúde em dia, mesmo com o passar do tempo, não nos preocupamos tanto.

Se o problema for apenas estresse, utilize os recursos da Medicina Chinesa para te proporcionar conforto e paz de espírito. Ter alguma religião, independentemente se for Católico, Espírita ou mesmo Protestante é fundamental para trazer conforto para nossa alma.

Seja prudente consigo mesmo, lembre-se que a doença pode aparecer na vida de qualquer pessoa e não importa a sua idade, por isso, cuide-se sempre.

MELHORES EXERCÍCIOS PARA QUEM TEM MAIS DE 50 ANOS


Aceitar a idade que tenho - exercícios

Os exercícios são muito bons para a mente e para o espírito, uma das formas de aceitar a idade que tem é cuidar de sua aparência. Veja alguns exercícios que podem te ajudar a ter um corpo mais ativo e uma mente mais lúcida:
  • Prancha abdominal;
  • Mergulho no banco;
  • Cachorro olhando para baixo;
  • Rosca direta com elástico;
  • Agachamento livre.
Para evitar lesões, peça exames ao médico e assim ele poderá dizer se você está apto(a) para praticar exercícios. Fique longe dos excessos, a prancha abdominal, por exemplo, pode afetar os joelhos se a pessoa ficar muito tempo nesta posição.


Se possível, peça orientações ao fisioterapeuta, caso você tenha problemas como osteoporose, o importante é sempre se movimentar, nem que seja para uma leve caminhada.

QUERO ACEITAR A IDADE QUE TENHO, COMO PROSSEGUIR ADIANTE?

Agora que você já viu que, aceitar a idade que tem não é nenhum problema, consulte sempre o nosso blog. Deixamos disponível, dicas úteis para te trazer conforto e bem-estar no seu dia a dia.

Não se esqueça que, a cada fase da vida temos que aprender a lidar com a resiliência, pois por meio dela, conseguimos ficar longe da depressão e até de doenças cardiovasculares.

A velhice irá chegar para todos, então temos que educar nossos jovens para que eles tomem consciência disso desde muito cedo. Deixe que seus filhos convivam com pessoas acima de 50 anos, com isso, eles já começam a ter mais respeito.