Pais e Filhos - Como Lidar com Adolescentes Rebeldes

Como lidar com adolescentes rebeldes é um desafio constante nessa etapa de crescimento dos jovens. Mesmo havendo uma relação entre pais e filhos, os adolescentes podem apresentar atitudes violentas, depressão e até mesmo envolvimento com as drogas.

Os pais podem se sentir sobrecarregados, principalmente, quando o rapaz e a moça ainda menores de idade deixam a casa para sair e os pais permanecem acordados até tarde da noite.

Os pais podem escolher seguir algumas medidas para aliviar o stresse e o caos em casa e ajudar o adolescente a fazer a transição para um jovem adulto feliz.

Se desesperar não adianta, muito menos alimentar conflitos e brigas infrutíferas poderão piorar o quadro negativo da convivência.

COMO LIDAR COM ADOLESCENTES REBELDES?

Você pode se sentir exausto por ficar acordado à noite se preocupando com a localização do seu filho, sem saber quais são suas companhias e seu hábitos.

Você pode se desesperar com as tentativas fracassadas de comunicação, mas é fundamental manter o diálogo e recuperar o sentimento de identificação familiar que começou ainda na infância entre pais e filhos.

AS ATITUDES

Sabemos que criar um adolescente não é fácil. Envolve mau humor, emoções intensas, conduta impulsiva e imprudente.

Como o indivíduo está em processo de formação nessa idade, o cérebro de um adolescente ainda está se desenvolvendo ativamente, portanto, processa as informações de maneira diferente do cérebro de um adulto maduro.

A região do córtex frontal, responsável para gerenciar emoções, tomar decisões, raciocinar e controlar inibições passa por uma reestruturação durante a adolescência, formando novas sinapses a um ritmo incrível podendo atingir a estabilidade perto dos 20 anos de idade.

Dessa forma, mesmo sendo mais alto ou sendo maduro em certos aspectos, o adolescente é incapaz de refletir sobre o assunto em nível adulto.

AS MUDANÇAS FÍSICAS

Compreendendo o conjunto de mudanças nele, torna-se mais fácil saber como lidar com adolescentes rebeldes. Os hormônios produzidos durante as mudanças físicas da adolescência podem complicar ainda mais as coisas.

Ressaltamos que essas diferenças biológicas não desculpam o mau comportamento dos adolescentes nem dispense de prestar contas por suas ações, mas podem ajudar a explicar por que os adolescentes se comportam de maneira tão impulsiva ou frustrar pais e professores com suas más decisões, ansiedade social e rebeldia.

É importante compreender o desenvolvimento do adolescente, e isso  pode ajudá-lo a encontrar maneiras de permanecer conectado ao seu adolescente e superar problemas juntos.

DESENVOLVIMENTO DE PERSONALIDADE

Lembramos que a personalidade passa por transformações no período da adolescência. Embora os adolescentes sejam indivíduos com personalidades únicas e gostos e desgostos, algumas características são universais.

Não importa o quanto seu filho pareça se afastar de você emocionalmente, não importa quão independente ele pareça, ou quão perturbado ele se torne, ele ainda precisa de sua atenção e se sentir amado por você.

O QUE A FAMÍLIA PODE FAZER?

A família e os pais devem ajudar o adolescente a encontrar estratégias eficazes que lhe permitam melhorar seu relacionamento com o mundo exterior.

Os adultos podem esquecer que na adolescência, os adolescentes ainda mantém muitas de suas características infantis enquanto tentam interagir em contextos cada vez mais complexos.

Por outro lado, os pais não podem tratá-los como crianças, pois isso pode aumentar as dificuldades.

FAÇA PARTE DA VIDA DE SEU FILHO E FILHA

Se você possui filhos nessa fase e quer saber como lidar com adolescentes rebeldes, é fundamental demonstrar interesse em suas atividades, seja na escola, no curso e no círculo de amigos.

Geralmente, os adolescentes buscam encontrar seu lugar em um mundo que, aos poucos, começa a se abrir para eles.

Inicialmente, eles podem se sentir perdidos, mas também não pedirão ajuda, porque isso comprometeria a própria independência que eles querem representar.

No processo de crescimento em família, as crianças podem adotar estratégias familiares e tornar-se adolescentes orientados pelos pais ou podem escolher romper abruptamente com o que lhes foi ensinado.

Quando decidem romper eles estão buscando a formação de uma identidade nova.

Os pais devem fazer parte da vida de seus filhos, acompanhar todos os momentos de suas vidas, isso é vital para que eles possam dar esses passos desde a infância até a idade adulta.

MUDANÇAS COMPORTAMENTAIS

Conforme eles crescem e escolhem afirmar sua própria identidade, certos indivíduos nessa fase podem experimentar mudanças comportamentais que podem parecer bizarras e imprevisíveis.

Antes ele era doce e obediente, mas, repentinamente, ele fica irritado e rebelde. Por mais difícil que isso possa ser para os pais suportarem, eles são as ações de um adolescente normal.

ADOLESCENTE PROBLEMÁTICO

Ao saber como lidar com adolescentes rebeldes, devemos lembrar que um indivíduo problemático nessa fase pode apresentar problemas comportamentais, emocionais ou de aprendizado além dos problemas típicos dos adolescentes.

Podem se sentir atraídos por comportamentos de risco, incluindo bebida, uso de drogas, sexo, violência, sair da escola, auto-agredir, furtar lojas ou outros atos criminosos.

Em casos mais sérios é indicado buscar a ajuda de um terapeuta ou psicólogo. Pois, podem apresentar sintomas de problemas de saúde mental, como  depressão, ansiedade ou distúrbios alimentares.

Em certos níveis, os pais precisam entender quais comportamentos são normais durante o desenvolvimento do adolescente e quais podem apontar problemas mais sérios.

MUDANÇA DE APARÊNCIA

Em casos mais radicais, o adolescente pode optar em querer pintar os cabelos de vermelho e fazer tatuagem.

Querer acompanhar a moda é importante para os adolescentes. Isso pode significar usar roupas provocantes ou que chamam a atenção. Lembramos que a moda muda, e o mesmo acontece com o adolescente.

TENHA ATENÇÃO

Pais e Filhos - Lidar com Adolescentes Rebeldes

O adolescente pode até querer mudar de aparência, porém a alteração da aparência pode ser um problema se for acompanhado por problemas na escola ou outras mudanças negativas no comportamento.

Nesses casos há situações de corte e danos pessoais ou perda extrema de peso ou ganho de peso.

CONCLUSÃO

Portanto, as pessoas e os pais podem buscar uma convivência mais pacífica baseada no diálogo com os filhos.

Busque entender os sonhos dos filhos e sua visão de vida, pois essa fase também é regada por dúvidas.

Quando um adolescente se concentra mais em seus colegas, isso significa inevitavelmente que eles se afastam de você. Portanto, faça parte da vida de seu filho e ajude em situações de crises.